site5

Por Larissa Cristina H. Mendes.

Uma circunstância que vejo acontecer com as pessoas, principalmente os mais novos, é a vergonha diante de Deus. Vergonha de até pensar em Deus quando erramos.

Isso é natural, porque sendo nós tão fracos, pequenos e pecadores, fica difícil imaginar que mesmo sendo assim, podemos nos ajoelhar e falar com Deus, que é tão GRANDE, PODEROSO E SANTO. Mas o pior é quando o acusador vem e sussurra nos nossos ouvidos que não valemos nada, somos sujos e já não somos dignos por natureza de falar com Deus, quem dirá quando pecamos! E nisso vem a vergonha e muitas das vezes não falamos com Deus por muito tempo, e é vergonha não só de falar com Ele, mas de sentir a presença dEle também. E por consequência, se ficarmos assim, podemos, SIM, desviar dos caminhos dEle.

Já vi muitos casos de pessoas que eram usadas por Deus e se desviaram por coisas do tipo, pecavam, se envergonhavam diante da situação e se achando indignos de falar com Deus, preferiam sair da igreja pra não ser mais um carma diante dEle. E tem aqueles que estão no mundo e sentem vontade de conhecer a Cristo ou voltar pra casa do Pai, porém, acham que antes devem arrumar a vida, se limpar dos pecados, pra depois ir pra igreja. Mas não é assim que funciona. Sem Jesus tudo fica mais difícil, é Ele que nos limpa dos pecados, nos purifica e através do Espírito Santo que conseguimos força pra mantermos firmes e resistimos aos pecados.

Não somos pecadores porque pecamos, mas nós pecamos porque somos pecadores. O inimigo só quer fazer com que nos afastemos e não consigamos mais nos relacionar com Deus e pra isso ele levanta pessoas que nos acusem e nos envergonhem. Só que Deus é misericordioso, nos entende, e sempre está pronto a nos perdoar.

Em Joel  2:12-13 fala sobre o amor e a paciência que Ele tem conosco :

Ainda assim, agora mesmo diz o Senhor: Convertei-vos a mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, e com choro, e com pranto.
E rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes, e convertei-vos ao Senhor vosso Deus; porque ele é misericordioso, e compassivo, e tardio em irar-se, e grande em benignidade, e se arrepende do mal”.

Por isso, não podemos hesitar em falar com Deus e pedir perdão, porque todos nós erramos e Jesus nunca errou porque Ele é Deus, mas se fez homem, passou por tentações, acusações e por isso nos entende tão bem!